Vitrines Da Vida

Arma perigosa

Cansou de esperar e nada resolvia.
Ele fingia de cego diante de seu amor.
Mesmo com tanta frieza a chama da paixão lapidava-lhe as emoções.
Difícil era envolver o pensamento em outra coisa senão nele. A boca fina e atraente, a pele semiclara, o corpo interessante, o sorriso puro, o jeito moleque de ser. Tudo a fascinava.
E o fascínio é uma arma perigosa…
Letícia vivia há meses tentando chamar a atenção daquele homem que entrou na sua vida sem explicação.
Foi dominada por um desejo desmedido.
Nossa, era demais o que sentia.
Mantinha o silêncio.
“De que vale o céu azul e o sol sempre a brilhar se você não vem e eu estou a lhe esperar. Só tenho você no meu pensamento… E a sua ausência é todo o meu tormento.”
O amor também é um sentimento estranho.
Via-a como amigo.
Escutava seus segredos.
Continha o ciúmes.
Mas, chegara a hora da decisão.
Iria arriscar uma agradável amizade.
Não poderia mais manter sufocado seu sentimento.
Ensaiou diversas vezes…
Eu te amo!
Preciso te dizer uma coisa, eu te amo!
Estou apaixonada por você.
Convidou-o para um jantar. Tudo transcorria bem. Um clima misterioso no ar.
Tomaram um bom vinho italiano.
Jantaram numa cantina.
Ao som das músicas italianas.
Os olhos se encontravam mesmo sem querer.
Precisa dizer logo tudo que ensaiou – antes que a noite me sufoque.
Abriu o coração.
_ Eu preciso dizer que estou apaixonada por você – Felix foi pego de surpresa – alguns dias após conhecê-lo, meu olhar encontrou o seu, e mesmo sem você perceber apaixonei-me insanamente – levou a taça de vinho na bela boca atraente – Cansei de fugir, não adiantou tentar te esquecer.
Por alguns instantes os olhos fixaram um no outro.
E falaram sobre suas diferentes vidas.
Sonhos…
Planos…
Tantas coisas que não dizia nada do que queriam na realidade.
O toque dos corpos acontecera dias depois, numa luxuosa suíte de um motel.
As estrelas mudaram de lugar.
Cada peça jogada no chão. O encontro perfeito das peles.
Foi muito realizador!
Fora também a única vez que amaram – se é que podemos classificar assim o ocorrido.
Letícia segue amando-o em cada amanhecer.
Recorda toda a emoção vivida naquela inesquecível noite que calou fundo sua alma.

Compartilhar