Vitrines Da Vida

Por engano

Todos os dias era a mesma coisa…
Depois do trabalho aguardava o esposo buscá-la. Ficava sempre na mesma esquina de uma avenida movimentada. E quase todas as vezes o amado atrasava.
Ela tinha a mania de muitos – falar o tempo todo ao celular. Sempre estava atendendo uma ligação ou ligando para alguém. Sem celular sentia-se incompleta. Quando não tinha com quem falar, revirava a agenda na intenção de encontrar alguém para ligar.
Foi nessa distração que se viu em uma situação complicada. Assim que o carro parou uma grávida foi para entrar e ela também. Começara uma discussão com a moça.
_ Hei, esse é meu marido, ficou louca! – isso com o celular no ouvido. Tentava empurrar a moça. Ficou brava!E discutiram mais alguns minutos.Até que ela mirou dentro do carro e percebeu que não se tratava de seu marido.Sua cara caiu no chão.Não sabia se ria ou se sairia correndo.Pois sua desatenção não a fez perceber que, embora o carro fosse da mesma cor e marca de a do seu esposo, o motorista era outro – o marido da grávida.
Todos os dias era a mesma coisa…
Depois do trabalho aguardava o esposo buscá-la. Ficava sempre na mesma esquina de uma avenida movimentada. E quase todas as vezes o amado atrasava.
Ela tinha a mania de muitos – falar o tempo todo ao celular. Sempre estava atendendo uma ligação ou ligando para alguém. Sem celular sentia-se incompleta. Quando não tinha com quem falar, revirava a agenda na intenção de encontrar alguém para ligar.
Foi nessa distração que se viu em uma situação complicada.
Assim que o carro parou uma grávida foi para entrar e ela também. Começara uma discussão com a moça.
_ Hei, esse é meu marido, ficou louca! – isso com o celular no ouvido. Tentava empurrar a moça. Ficou brava!
E discutiram mais alguns minutos.
Até que ela mirou dentro do carro e percebeu que não se tratava de seu marido.
Sua cara caiu no chão.
Não sabia se ria ou se sairia correndo.
Pois sua desatenção não a fez perceber que, embora o carro fosse da mesma cor e marca de a do seu esposo, o motorista era outro – o marido da grávida.

“Para minha Amiga Rita”

Compartilhar