Vitrines Da Vida

Nos caminhos da desilusão

Para tudo tinha uma pressa descomedida.
Pudera paciência nunca fora um substantivo que pudesse ser atribuído a sua pessoa.
E isso a deixava desiludida com quase tudo na vida, já que muitas coisas requerem tempo.
O resultado fora a depressão, a tristeza e o estresse.
Queria sempre atalhar as situações se possível fosse, sem pensar nas consequências, mas atalhos, caminhos mais curtos e desconhecidos podem custar muito. Muitas vezes achamos que o atalho queima etapas e nos faz chegar mais rápido, o que nem sempre é verdade.
Tudo tem seu tempo.
Um verdadeiro e correspondido amor.
Um bom emprego.
O nascer e o morrer.
Simone tinha pressa em realizar seus objetivos. Tão madura, na idade da loba.
Amou muitas vezes e se frustrou em todas.
Tivera inúmeros empregos bons, já que começara cedo no mercado profissional. Sua impaciência a fazia trocar de serviço igual se troca de roupas.
Agora sentada diante do mar calmo, refletia sobre sua existência.
Sentia-se desamparada e se culpava por ter dado atenção a tantas pessoas e hoje ninguém se volta para suas revoltas. Inúteis revoltas.
As ondas iam e vinham e com elas reprises do seu viver desajeitado.
Quantas perdas.
Quantas vezes fora usada…
No intimo admite que também usou – as pessoas e as situações.
Nesta solidão, sem alegria, nada serve de consolação para desfazer os atalhos percorridos.
“Será que a esta altura tenho que começar de novo?” – se perguntava.
De repente, foi possuída por um vazio imenso.
Nem o latejar da dor a incomodava.
Deitou na areia quente.
Ao redor dezenas de pessoas distraídas e maravilhadas pelo mar.
Estavam ali para divertir, somente isso.
Simone não era nada além de um grão de areia, ali, perdida nos caminhos das desilusões.
Lágrimas não tinha.
E nem se tivesse adiantaria… não seriam capaz de lavar sua angústia.
A impaciência de querer tudo a sua maneira.
Permaneceu inativa até a madrugada, no mesmo lugar.
Acordada, sem ação, somente observando as pessoas indo e vindo, desconhecidas como sua própria vida.

Compartilhar